Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/22

Projeto SmartSign foi financiado em 678 mil euros

Politécnico de Leiria desenvolve sinais rodoviários inteligentes

Projeto é desenvolvido por investigadores dos Departamentos de Engenharia Eletrotécnica, Mecânica e Informática do IPL

Desenvolver sinais de trânsito ativos para sistemas de transporte inteligentes é o objetivo do projeto desenvolvido por investigadores dos Departamentos de Engenharia Eletrotécnica, Mecânica e Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria. Os resultados do ‘SmartSign – Desenvolvimento de Sinalização Rodoviária Inteligente’ vão ser apresentados no dia 25 de julho, pelas 11h, na ESTG, com uma demonstração piloto.

O projeto teve um investimento de 411.295,72 euros do Politécnico de Leiria e de 266.715,83 euros da S.N.V.S. – Sociedade Nacional de Sinalização Rodoviária Vertical, sediada em Ansião, a empresa promotora. Com um financiamento total de 678.011,55 euros, o SmarSign foi desenvolvido ao longo de três anos.

O SmartSign visa o desenvolvimento de sinais de trânsito que geram e emitem informação sobre a sua localização e informação de trânsito. Deste modo, os veículos automóveis conseguem receber a informação de trânsito mesmo em situações em que não conseguem visualizar o sinal, quer seja devido a condições atmosféricas ou porque estão fora da linha de vista. Este sinal utiliza uma tecnologia (CV2X) compatível com a que muitos dos novos veículos já possuem e que está a ser utilizada no âmbito das cidades inteligentes e das comunicações entre veículos e entre veículos e infraestruturas.

No âmbito do SmartSign, os investigadores da ESTG desenvolveram e testaram tecnologia para dotar a empresa com a capacidade de produzir sinais ativos/inteligentes, que modificam a sua informação ao longo do dia, que comunicam com os veículos, e ainda ferramentas informáticas para configurar os sinais em função da sua localização geográfica e informação de trânsito e para a sua visualização nos veículos que ainda não possuem a tecnologia integrada.

Depois da demonstração piloto no dia 25 de julho no Campus 2 da ESTG, o SmartSign será explorado pela empresa SNSV, na criação de sinais de trânsito e de informação ativos.

      Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.