Edição: 277

Diretor: Mário Lopes

Data: 2023/12/3

Alcobaça  

25ª Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais exalta estatuto de pioneira nacional

Sónia Vicente, Liliana Sousa, Hermínio Rodrigues, José Mendes e César Salazar vão organizar a 25ª edição da Mostra

A 25ª edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais vai ter lugar de 16 a 19 de novembro, no Mosteiro de Alcobaça. Além da tradicional mostra com 34 participantes (26 produtores e 8 mosteiros / ordens monásticas), os 25 anos da Mostra serão assinalados com um vasto programa cultural no qual se destaca os showcookings com alguns dos maiores especialistas gastronómicos nacionais (Chefes João Ribeiro, Fernando Correia, Rui Lopes, Ricardo Raimundo e Fábio Bernardino e ainda Tânia Amor e Ausenda Castanheira.

Haverá também espetáculos musicais com artistas e associações locais (Sociedade Filarmónica Turquelense, Academia de Música de Alcobaça, Coro da Banda de Alcobaça, Orquestra Ligeira e Juvenil do Bárrio, Banda da Sociedade Filarmónica Maiorguense).

Destaque desde logo para o primeiro dia da Mostra (16 de novembro) com a sessão solene de homenagem a todos os participantes da evento (18h00) e o concerto da cantora lírica Sofia Escobar.

No sábado e domingo (18 e 19 de novembro), não perca ainda o espetáculo imersivo “Quadros Vivos de Caravaggio” que recria, com atores reais, uma sequência de 21 quadros do histórico pintor barroco italiano (Claustro do Rachadouro).

Todas estas iniciativas decorrerão no Claustro do Rachadouro, espaço pertencente ao Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, gentilmente cedido pelo Grupo Visabeira.

Este ano, as galerias do Claustro D. Dinis (que dão acesso às salas dos participantes) serão adornadas com a exposição “Mérito em Retrospetiva: 25 Anos” com todos os doces vencedores de todas as edições do tradicional concurso, que este ano não se realizará. “Como forma de envolver os nossos visitantes nesta celebração, vamos convidar as pessoas a votar no melhor doce e no melhor licor através de website / aplicação móvel criados especialmente para este efeito. Este ano são as pessoas que escolhem o melhor doce e o melhor licor”, explicou Hermínio Rodrigues.

Hermínio Rodrigues e a multiplicação de mostras de doces por todo o País: “Foi em Alcobaça que tudo começou”

“Hoje em dia, assistimos a uma profusão de eventos gastronómicos por esse país fora, mas foi em Alcobaça que tudo começou. Fomos o primeiro município a elevar a doçaria e os licores conventuais a uma escala internacional. Vamos assinalar esta 25ª edição com a dignidade e o prestígio que ela merece”, sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Hermínio Rodrigues, na conferência de imprensa de lançamento da 25ª edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais, no dia 30 de outubro, nos Paços do Concelho de Alcobaça.

O autarca aproveitou a ocasião para homenagear os pioneiros da Mostra, desde logo Gonçalves Sapinho e a ex-vereadora Alcina Gonçalves, a que se seguiu, a partir de 2009, Paulo Inácio e as vereadoras Mónica Batista e Inês Silva. A partir deste ano, será o presidente Hermínio Rodrigues, que assumiu a pasta da Cultura, a dar a cara pelo evento, assessorado por José Mendes.

As principais diferenças este ano é que todo o evento decorrerá no interior do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, incluindo o Claustro do Rachadouro, administrado pelo Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, e que não haverá vídeo mapping na fachada do Mosteiro, devido ao elevado custo da produção, que só pode ser contratada com recurso a fundos comunitários, que este ano não estão disponíveis. Em alternativa, deverá haver uma produção de vídeo mapping no interior do monumento.

O edil relembrou ainda que “a Câmara Municipal está ainda a trabalhar para conseguir mais algumas surpresas. A par da Feira de São Bernardo, este é o evento de maior ambição e projeção do nosso território e da nossa economia. É um evento que promove a nossa felicidade: a felicidade de quem nos visita, mas sobretudo a felicidade dos alcobacenses. Estamos a contribuir para reforçar junto das nossas gentes um sentimento de pertença ao nosso território, de orgulho no que é nosso.”

Em preparação está também uma exposição sobre o fabrico de pão, a cargo de uma padaria da Benedita (Nuno Pina). Ainda a nível local, Hermínio Rodrigues revelou que irá homenagear as casas de doces de Alcobaça – uma das referências do concelho – nesta 25ª edição e que irá contar com a colaboração das associações do concelho, presença de que garante não abdicar em nenhum evento que organiza.

Outra das novidades deste ano é a possibilidade adquirir as entradas para a Mostra (1€) através da Bilheteira Online, em complemento à venda local (na Ala Norte do Mosteiro de Alcobaça).

O orçamento para este ano ascende aos 150 mil euros, esperando a organização a presença de 30 mil visitantes.

O programa completo da 25ª Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais será brevemente divulgado.

 Mário Lopes
(Com GAP|CMA)

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.