Edição: 277

Diretor: Mário Lopes

Data: 2023/12/2

Prémio Educação e Cultura “é o reconhecimento de um longo trabalho de cooperação com a República Popular da China”

Politécnico de Leiria recebe distinção da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa

Premiados, júri e membros da organização

A oitava Gala Portugal-China, que decorreu no dia 8 de novembro, no Casino Estoril, foi um motivo de festa para o Politécnico de Leiria. O estabelecimento de ensino superior recebeu o Prémio Educação e Cultura, atribuído pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa (CCILC).

“Receber este prémio é o reconhecimento de um longo trabalho de cooperação com a República Popular da China, que se traduz na construção de pontes entre ambos os países e na concretização de iniciativas em vários domínios, que passam pelo ensino-aprendizagem da língua e da cultura, pela área económica e comercial, pela área diplomática, entre outras”, referiu Carlos Rabadão.

O júri foi composto por Maria Celeste Hagatong (presidente do Banco Português do Fomento), Maria de Belém (antiga ministra da Saúde), general Vasco Rocha Vieira, embaixador Pedro Catarino, e por António Noronha, presidente da direção da CCILC.

Há cerca de duas décadas, o Politécnico de Leiria deu início a uma estratégia ligada ao ensino da língua e da cultura portuguesa e chinesa, com o lançamento da licenciatura em Tradução e Interpretação Português-Chinês e Chinês-Português, a funcionar na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS).

O Politécnico de Leiria pretende tornar-se não só uma entidade de referência para todos os que se interessam pela língua e cultura chinesas no espaço europeu, mas também assumir-se como um elemento promotor da difusão da língua e cultura portuguesa no Oriente.

Esta gala, considerada, o maior evento de celebração das relações bilaterais, e na qual foram, igualmente, assinalados os 45 anos da CCILC, contou com a presença de Catarina Rocha Ferreira, presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-China, o embaixador da República Popular da China em Portugal, Zhao Bentang, e Bernardo Ivo Cruz, secretário de Estado da Internacionalização.

O prémio do Politécnico de Leiria foi atribuído em ex æquo com a Huawei Technologies Portugal.

    Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.