Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/24

Investimento estimado de 6,5 milhões de euros.

Projeto Inovador quer transformar a Mobilidade Urbana na Região de Leiria

O Município de Leiria e a Comunidade Intermunicipal da região de Leiria (CIMRL), juntamente com os municípios de Ourém, Marinha Grande, Pombal, Batalha e Porto de Mós, apresentam o projeto “Sistema de Mobilidade da Região de Leiria/Ourém”. Este projeto destaca-se por sua ambição de enfrentar os desafios prementes da mobilidade urbana na região.

Com um investimento estimado de 6,5 milhões de euros, o projeto visa atingir objetivos estratégicos fundamentais para o desenvolvimento sustentável da mobilidade na região.

O projeto visa enfrentar o desafio da utilização excessiva de automóveis na região, promovendo uma transformação na mobilidade urbana para atingir metas ambiciosas de redução de emissões de carbono. A estratégia abrange diversos objetivos, desde a redução significativa de emissões até o estímulo à inovação e empreendedorismo na área de mobilidade sustentável.

Participam ainda no projeto as associações empresariais de Leiria (NERLEI) e Ourém (ACISO), bem assim representantes do ensino profissional e ensino superior politécnico da região, porquanto a mobilidade para o trabalho e as deslocações das comunidades educativas, são um dos motes principais da candidatura a submeter ao Programa Regional do Centro – CENTRO 2030.

A implementação do projeto seguirá uma metodologia abrangente, começando pela capacitação da equipe, estudos detalhados sobre padrões de mobilidade e cocriação com a comunidade. Soluções práticas incluem o desenvolvimento de uma plataforma global de mobilidade, introdução de transportes públicos verdes, estabelecimento do “Leiria Innovation Hub” e alterações regulamentares para incentivar o uso de meios de transporte sustentáveis.

A comunicação desempenhará um papel crucial na conscientização e aceitação da população, com planos de comunicação sustentáveis e ações de incentivo, como vouchers e prémios. A monitorização constante, utilizando tecnologias avançadas, garantirá a avaliação contínua do impacto das iniciativas, permitindo ajustes dinâmicos conforme necessário.

Este projeto visa não apenas resolver o problema da mobilidade na região, mas também aspira a criar um modelo replicável para outras áreas enfrentando desafios semelhantes. A transformação proposta não só promoverá a sustentabilidade ambiental, mas também melhorará a qualidade de vida urbana e estimulará o desenvolvimento económico, colocando Leiria na vanguarda da inovação e mobilidade sustentável.

Gonçalo Lopes, presidente da Câmara Municipal de Leiria, “ressalta a urgência de abordar o problema crítico da utilização excessiva do veículo particular na área urbana de Leiria. Esta iniciativa não só enfrentará esse desafio diretamente, mas também servirá como um exemplo para outras regiões enfrentando problemas semelhantes,” afirma o autarca de Leiria.

A candidatura será submetida nas próximas semanas ao aviso designado (ITI) “Redes Urbanas” do Programas Regionais NORTE2030, CENTRO2030, LISBOA2030, ALENTEJO2030 e ALGARVE2030 – Pré-qualificação, e o consórcio regional de Leiria, com a participação do município de Ourém e de diversas entidades empresariais, científicas e do ensino profissional da região, está confiante de que esta proposta será um contributo na transformação da mobilidade urbana e no estabelecimento de práticas sustentáveis na região.

    Fonte: CIMRL

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.