Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/24

Três jovens foram também detidos por posse ilegal de arma proibida

PSP detém jovem por agressão a agente policial no Hospital de Peniche

O Comando Distrital de Leiria da Polícia de Segurança Pública, através da Esquadra de Peniche, deteve
em flagrante um jovem, com 21 anos de idade, por resistência e coação sob funcionário.

No segundo fim de semana de dezembro, pelas 05h20, uma equipa policial da Esquadra de Peniche deslocou-se ao
CHOeste – Hospital de Peniche, em virtude de ali estarem a decorrer agressões entre vários indivíduos.
Chegada a patrulha ao local, um dos intervenientes na contenda dirigiu-se a um dos polícias com a clara
intenção de o agredir, pelo que teve que ser manietado com recurso à força física e, consequentemente,
algemado.

No decurso deste procedimento policial o suspeito desferiu vários murros na zona dorsal do
polícia em apreço, tendo-lhe ainda mordido a mão. Deste modo, foi detido.

Importa ressalvar que o aludido cidadão, cerca de uma hora antes, já havia participado numa desordem
com vários indivíduos junto a um estabelecimento de diversão noturna da cidade, em que a PSP de
Peniche também interveio.

O detido foi sujeito a termo de identidade e residência, libertado e notificado para comparecer na secção
do DIAP em Peniche, sendo que o processo seguirá os seus trâmites normais.

PSP de Peniche deteve 3 jovens por posse ilegal de arma proibida

Armas apreendidas pela PSP

O Comando Distrital de Leiria da Polícia de Segurança Pública, através da Esquadra de Peniche, procedeu à detenção de 3 jovens com idades de 16, 17 e 18 anos, por detenção/posse de arma proibida.

Pelas 16h30 de domingo, no decorrer do patrulhamento habitual, a perspicácia, astúcia e proatividade de
uma equipa policial permitiu perceber que algo de anormal envolveria 3 jovens. Nesse sentido, foi
realizada a interceção e abordagem dos visados tendo sido encontradas, dissimuladas no vestuário que
os suspeitos envergavam, 1 catana, 1 podoa e 1 punhal.

De salientar que estes objetos são classificados como armas proibidas, não tendo os seus detentores
justificado a sua posse, pelo que foi ordenada a detenção daqueles jovens. Foram ainda apreendidas 3 balaclavas ou passa montanhas, uma a cada um dos suspeitos.

A PSP realça que se tratam de acessórios com o fim de ocultar o rosto e dificultar a identificação de quem os traja,
nomeadamente aquando da concretização de ilícitos criminais. Os detidos foram libertados e notificados para comparecer na secção do DIAP em Peniche, onde foi proposta a suspensão provisória do processo.

Por fim, a PSP salienta que todos os detidos referidos já se encontram amplamente referenciados pela PSP.
Deste modo, considera que com a proatividade evidenciada e rápida intervenção o Comando Distrital
de Leiria demonstra dificultar a atividade criminosa de quem se dedica às mais diversas tipologias
criminais, reforçando a tranquilidade pública da comunidade residente e dos comerciantes da região.

    Fonte: CDL|PSP

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.