Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

32% do total da verba estão reservados para a educação

Assembleia Municipal da Marinha Grande aprova Orçamento de 2024 que dá prioridade à educação

Paços do Concelho da Marinha Grande

A Assembleia Municipal da Marinha Grande aprovou, por maioria – com 10 votos a favor do +MPM; 8 abstenções do PS, BE e PSD; e 6 votos contra da CDU- no dia 15 de dezembro, os documentos previsionais para o ano 2024, incluindo as Grandes Opções do Plano 2024-2028, Mapa de Pessoal e Orçamento.

O Orçamento para 2024 tem o valor de 36.734.681,99 €, reservando 32% do total da verba para a educação (11.722.042,00€) e 34% para recursos humanos, estando refletida uma estratégia de promoção da melhoria das condições de vida dos munícipes, tendo em vista o desenvolvimento sustentável do concelho, assente num conjunto de atividades, projetos e ações que serão executadas pelos serviços municipais.

Para o presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Aurélio Ferreira, “este é um Orçamento que dá prioridade a áreas que consideramos essenciais para a qualidade de vida dos cidadãos e que contribuiu para criar condições para potenciar o desenvolvimento económico do concelho, como são a educação; o saneamento e águas; a ação social; a habitação social; a requalificação da rede viária; os projetos de infraestruturas;  o urbanismo e licenciamentos”.

Aurélio Ferreira acrescenta que “o Orçamento Municipal de 2024 congrega também compromissos assumidos em anos transatos, que não podem deixar de ser honrados pela autarquia, tendo em conta o equilíbrio das contas públicas e da dívida global”.

Relativamente à educação, as ações a executar no próximo ano consagram: suporte às famílias e às crianças (alimentação escolar, AAAF, CAF, AEC, atividades físico-motoras, transportes escolares); infraestruturas; requalificação de escolas básicas; projetos das escolas secundárias, nomeadamente a José Loureiro Botas, Pinhal do Rei e Guilherme Stephens; residência de estudantes na antiga Albergaria Nobre; e delegação de competências.

Ao nível do saneamento e água, está contemplada a execução de infraestruturas em Trutas, Pilado, Moita, Vieira de Leiria e outros aglomerados no concelho.

Relativamente à ação social, estão previstas medidas que visam o apoio social, apoio ao associativismo e a construção da Creche da Ivima.

Sendo a habitação uma área premente na atual conjuntura, o Orçamento para 2024 prevê a reabilitação de casas de habitação social do Município, o projeto para reabilitação do bairro do Camarnal Novo, atualização do projeto para recuperação dos Blocos L & M e o projeto de reabilitação de habitação social na Moita.

Relativamente à requalificação da rede viária, prevêem-se pavimentações diversas; a Estrada Principal Garcia-Pilado; a requalificação da Rua Prof. Virgílio de Morais; a requalificação da Rua do Casal d’Anja, Rua do Vale, Travessa Gago Coutinho, em Vieira de Leiria; e Rotunda do Pero Neto.

Para 2024, o executivo municipal pretende realizar projetos para: execução do Café da Praia, requalificação do Parque Mártires do Colonialismo, requalificação do café do Parque Mártires do Colonialismo, requalificação de passadiços, Pavilhão Gimnodesportivo da Moita, requalificação do Pavilhão Albino Reis Paulo, Auditório António Campos, Piscina Municipal, conclusão da revisão do PDM, Interface, Mercado Municipal, Zonas Industriais (expansão e criação), Centro de Recolha Oficial, Centro de Saúde da Marinha Grande (2.ª fase), Centro de Saúde de Vieira de Leiria, Patinódromo.

     Fonte: GCI|CMMG

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.