Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/2

Com direção do maestro Osvaldo Ferreira

Município de Santarém promove concerto de ano novo solidário com Orquestra Filarmónica Portuguesa

Orquestra Filarmónica Portuguesa

O Município de Santarém vai promover o tradicional Concerto Solidário de Ano Novo, no dia 6 de janeiro, às 18 horas, no grande auditório do Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), com a Orquestra Filarmónica Portuguesa (OFP), sob o tema: “Polcas, Valsas, Marchas e outras alegrias musicais”.

O concerto de cariz solidário é organizado pela Câmara Municipal de Santarém e pela Cistermúsica, e conta com o apoio da União de Freguesias da Cidade de Santarém, do W Shopping e do CNEMA. A receita de bilheteira vai ser entregue a três IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social de Santarém: o Centro de Apoio à Família das Abitureiras, a Santa Casa da Misericórdia de Alcanede e a Liga dos Amigos do Hospital de Santarém.

Os bilhetes, no valor de 5 euros, vão estar à venda a partir de dia 28 de dezembro nas Instituições Beneficiárias (Centro de Apoio à Família das Abitureiras, Santa Casa da Misericórdia de Alcanede e Liga dos Amigos do Hospital de Santarém), na União de Freguesias da Cidade de Santarém, na Press News (Tabacaria do W Shopping), e, a partir de dia 24 de dezembro, nas lojas Worten, CTT e FNAC e online na BOL, em www.bol.pt.

Imerso em um ambiente festivo e alegre, este concerto promete ser o prelúdio auspicioso para o ano de 2024. Venha testemunhar as interpretações das tradicionais Valsas e Polkas de Johann Strauss II (1825-1899), incluindo a divertida “Tritsch-Tratsch-Polka”, a graciosa “Pizzicato-Polka”, a majestosa “Kaiser-Walzer” (Valsa do Imperador), e a melódica “An der schönen blauen Donau” (Danúbio Azul). Todas as obras serão interpretadas pela Orquestra Filarmónica Portuguesa, sob a habilidosa direção do maestro Osvaldo Ferreira.

Programa conta com a participação especial do cantor Tatanka.

Orquestra Filarmónica Portuguesa

A Orquestra Filarmónica Portuguesa foi fundada em maio de 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade e rapidamente captou a atenção do meio musical e artístico português, sendo já amplamente reconhecida, pelo público e pela crítica, como uma das melhores orquestras sinfónicas nacionais. O elevado padrão de exigência impresso desde a sua génese, levam-na a integrar um conjunto de músicos de elevado nível técnico e artístico, como sejam artistas premiados em concursos nacionais e internacionais, ex-integrantes da Orquestra Jovem da União Europeia e músicos estrangeiros residentes em Portugal.

O ano 2022 foi muito especial para a Orquestra Filarmónica Portuguesa (OFP), tendo sido recheado de enormes sucessos. A convite do Institut Français de Culture a OFP apresentou-se no Théatre des Champs Élisées num concerto integrado na temporada da Saison Croisée France/Portugal 2022, marcando desta forma, na famosa sala de Paris, a sua estreia internacional. Ainda nesta cidade e a convite da UNESCO, a OFP realizou um memorável concerto na sede desta importante organização mundial, integrado no programa de comemoração do Dia Mundial da Língua Portuguesa (5 de maio de 2022), o qual foi gravado e transmitido para todo o Mundo em streaming.

A convite de alguns promotores alemães, a internacionalização da orquestra terá continuidade em 2023, com especial destaque para a presença na mítica sala da Filarmónica de Berlim.

No biénio 2023/2024 a Orquestra será apoiada pela Direção-Geral das Artes através do Programa de Apoio Sustentado às Artes.

A Orquestra Filarmónica Portuguesa conta com a Direção Artística do Maestro Osvaldo Ferreira, um dos mais representativos chefes de orquestra nacionais da atualidade.

     Fonte: RL|GCRP|CMS 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.