Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

Avaliação Institucional foi realizada por uma Comissão de Avaliação Externa

Politécnico de Leiria alcança avaliação máxima pela A3ES

Auditório do Politécnico de Leiria

O Instituto Politécnico de Leiria recebeu a recomendação de acreditação pelo período de seis anos, o máximo legalmente possível, no âmbito do Processo de Avaliação Institucional (AINST 2022), realizado pela Comissão de Avaliação Externa (CAE) selecionada pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

Segundo o relatório da CAE, o Politécnico de Leiria demonstrou bons resultados na generalidade dos aspetos avaliados, com pontos fortes relevantes nas áreas ligadas à oferta formativa, processos e metodologias de ensino, garantia de qualidade, investigação e mobilidade.

Este processo tem por objeto avaliar a qualidade do desempenho das instituições de ensino superior e das respetivas unidades orgânicas, analisando a estratégia futura para garantir a gestão de qualidade das atividades, assim como o grau de cumprimento da missão institucional.

“Esta certificação oficial é o reconhecimento do elevado grau de qualidade do desempenho institucional do Instituto Politécnico de Leiria e valida o esforço e a dedicação de todas as partes para a melhoria contínua da instituição e do seu projeto pedagógico, científico e cultural, acompanhando, assim, a evolução do ensino superior a nível nacional e internacional”, salienta Carlos Rabadão, presidente do Politécnico de Leiria.

A avaliação institucional abrange um conjunto alargado de temas, como: Estratégia e Governança (projeto educativo, científico e cultural, gestão da qualidade); Ensino (oferta educativa, metodologias de ensino, formação ao longo da vida, estudantes, diplomados); Investigação e Transferência de Conhecimento (investigação, desenvolvimento tecnológico e produção artística, transferência de conhecimento); Internacionalização e Cooperação (internacionalização e cooperação nacional com instituições e com a sociedade); Recursos (pessoal docente e investigador, pessoal técnico, administrativo e de gestão, instalações e equipamentos e sensibilidade institucional).

No relatório da CAE é ainda avaliada a relevância do tema de desenvolvimento selecionado pelo Politécnico de Leiria para a sua estratégia institucional, que passa pela criação de mais valor nas regiões onde está inserido, através do ensino superior, da I&D+i e da valorização do conhecimento com impacto no desenvolvimento sustentável regional e global. No âmbito do seu projeto, a instituição assume como grande objetivo a concretização da sua evolução para Universidade, com vista a aumentar a sua relevância social e oportunidades reconhecidas de formação avançada em Portugal e na Europa, e atrair mais talento e maior investimento para a região.

De acordo com a CAE, este tema selecionado pela instituição, que defende a sua evolução para Universidade, trata-se não só de um “assunto relevante” para a estratégia institucional, como um “objetivo justificado e ambicioso”.

O processo de avaliação institucional teve por elemento fundamental o Relatório de Autoavaliação Institucional, submetido na plataforma da A3ES no passado mês de junho, e a visita institucional realizada pela CAE ao Politécnico de Leiria nos dias 21 e 22 de novembro de 2023, tendo reunido com os vários intervenientes da instituição em reuniões de esclarecimento do conteúdo do relatório de autoavaliação institucional.

A missão da A3ES consiste em garantir a qualidade do ensino superior em Portugal, através da avaliação e acreditação das instituições de ensino superior e dos seus ciclos de estudos.

     Fonte: On-It

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.