Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

Distrital está solidária com as populações, profissionais de saúde e bombeiros

Distrital de Leiria do PSD denuncia colapso dos serviços de urgência dos hospitais da região

Serviço de Urgência do Hospital de Santo André

A Distrital de Leiria do PSD denunciou, no dia 4 de janeiro, que “nos últimos dias os hospitais da região entraram em efetivo colapso, com serviços de urgência sistematicamente fechados”, acusando o governo PS de ser o responsável pelo colapso da saúde na região. “O impensável aconteceu: os hospitais de Leiria, Alcobaça e Pombal deixaram de receber doentes. A alternativa, os Hospitais de Coimbra, também acabaram por perder essa capacidade. Ou seja, os cidadãos de toda a região viram-se privados do mais elementar direito constitucional: o acesso à saúde”, denuncia.

Os sociais-democratas do distrito de Leiria adiantam ainda que ”os profissionais de saúde estão exaustos e estão a fazer o seu melhor para amenizar as consequências nefastas a que as políticas socialistas têm conduzido a saúde no nosso país e na região. Os bombeiros estão no seu limite, procurando dar resposta às situações de emergência, vendo-se confrontados com horas e horas de espera nas urgências dos Hospitais, uma vez que a falta de macas nos Hospitais leva a que os doentes tenham que aguardar nas macas das ambulâncias.”

Para agravar a situação, o Hospital de Leiria entrou em contingência e toda a atividade externa, como exames e consultas aguardadas há meses, estão a ser canceladas, sem previsão para nova marcação, já que os médicos estão a ser todos adstritos às urgências.

Segundo o PSD, esta situação é tão mais grave, quando ao nível dos cuidados de saúde primários temos no Distrito de Leiria mais de cem mil utentes sem médico de família.

Para a Distrital de Leiria do PSD, presidida por Hugo Oliveira, “é lamentável que o PS continue a negar a realidade do nosso país, não assumindo que o facto de ter governado nos últimos 8 anos e de ter governado 22 anos nos últimos 28, contribuiu para este cenário catastrófico da saúde em Portugal.”

Ao PSD Distrital de Leiria, não tendo responsabilidades executivas na gestão do país, cabe-lhe expressar solidariedade aos que mais sofrem, os cidadãos que necessitam de recorrer aos serviços de saúde, e os profissionais de saúde e bombeiros que todos os dias dão o seu melhor.

A Distrital de Leiria do PSD adianta que o PSD já apresentou várias medidas para melhorar o estado da saúde no país e na região, esperando “poder colocá-las em prática a partir do dia 10 de março, quando os portugueses derem um voto de confiança ao PSD e à Aliança Democrática.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.