Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

D@CL-Day at the Cath Lab dedicado ao tema das lesões de bifurcações coronárias

Unidade de Hemodinâmica da ULS da Região de Leiria acolhe ação de formação especializada da APIC

Equipa UHICV e participantes

A Unidade de Hemodinâmica e Intervenção Cardiovascular (UHICV) da Unidade Local de Saúde da Região de Leiria (ULS RL) acolheu no dia 12 de janeiro a formação especializada D@CL – Day at the Cath Lab, dedicada ao tema do tratamento de lesões de bifurcações coronárias. Esta ação formativa de caráter prático, promovida pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), consistiu num dia passado na UHICV para o tratamento de três doentes com bifurcações coronárias, com idades compreendidas entre os 55 e os 75 anos, onde cardiologistas de vários pontos do país se juntaram à equipa de Cardiologia de Intervenção da ULS RL para um trabalho de formação conjunto.

O principal objetivo destas formações especializadas é a aquisição e partilha de conhecimentos, bem como o acompanhamento ao vivo de situações complexas em Cardiologia de Intervenção, neste dia em específico com a capacitação dos participantes para a utilização de dispositivos adequados para o tratamento de lesões de bifurcações coronárias.

«Apresentámos pela primeira vez no país um novo stent, ou seja, uma prótese coronária dedicada a lesões de bifurcações, isto é, onde há cruzamentos, locais onde o vaso principal dá origem a vaso(s) secundário(s). Trata-se de um dispositivo inovador, tendo em conta o que já conhecíamos de outros em termos anatómicos, de implantação e de resultados. Estamos todos a usar pela primeira vez este stent em Portugal, com uma ação de divulgação e formativa. Selecionámos obviamente os doentes que têm essa necessidade», explicou Jorge Guardado, coordenador da UHICV da ULS RL. «Tratámos de três doentes, em que os profissionais que vieram de fora partilharam, foram entrando nos casos com a equipa interna, e foi um momento de alta relevância dentro da comunidade médica de intervenção cardiovascular portuguesa.»

Intervenção em doente

Rita Theotónio, presidente da APIC, realçou que «foi a 39ª edição desta iniciativa e temos percorrido todo o país a desenvolver este tipo de ações de formação em vários centros de Cardiologia de Intervenção nacionais, de norte a sul do país e ilhas, e o objetivo é termos um momento formativo, habitualmente com um grupo pequeno de pessoas. No fundo é um dia dedicado a um tipo de intervenção cardiológica, em que o objetivo é nós passarmos o dia no laboratório como se fosse um dia normal da atividade, e isso permite, não só um convívio entre os cardiologistas de intervenção, os enfermeiros e técnicos que trabalham diariamente nos laboratórios, como também conhecermos outras formas de organização de cada centro em particular».

«Nesta edição o tema escolhido foi o das bifurcações, e Leiria é um centro que tem experiência em angioplastia coronária complexa e também guiada por imagem», destacou a presidente da APIC. «Estas formações ou são para dar a conhecer uma nova técnica, em que trazemos pessoas de fora, peritos que vêm introduzir uma técnica em Portugal, ou então é para fazer uma técnica em que têm muita experiência e que querem divulgar a sua experiência a outros centros. Este tipo de iniciativa acaba por juntar a comunidade e acabamos por nos conhecer todos uns aos outros.»

Jorge Guardado não escondeu a satisfação de receber esta iniciativa. «Para a UHICV da ULS da Região de Leiria é um orgulho acolhermos pela terceira vez esta iniciativa nos últimos três anos. Significa para nós que o trabalho que fizemos até agora tem sido, de facto, reconhecido, e darem-nos a possibilidade de organizar, é porque temos feito bem, não só do ponto de vista do que temos concretizado para os doentes, que ficam bem tratados, mas também para o hospital e para o serviço. É ainda um momento importante para os nossos internos de formação do Serviço, que convidamos sempre para participarem e apresentarem os casos clínicos dos doentes que são submetidos às intervenções.»

.     Fonte: Midlandcom

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.