Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

Vítima é a companheira do homem, de 38 anos

GNR de Ourém aprende armas e munições em contexto de violência doméstica

Armas apreendidas pela GNR

O Comando Territorial de Santarém, através do Posto Territorial de Ourém, no dia 23 de janeiro, apreendeu armas e munições em contexto de violência doméstica, no concelho de Ourém.

No âmbito de uma denúncia por violência doméstica, foi possível apurar que o suspeito, um homem de 36 anos, exercia violência física e psicológica, sobre a vítima, sua companheira de 38 anos de idade.

Neste seguimento, os militares da Guarda deslocaram-se ao local onde foi possível apurar a existência de armas e munições. No decorrer da ação e como medida cautelar de policia foi apreendido o seguinte material: duas armas brancas, uma besta, uma faca de caça, duas armas de ar comprimido e diversas munições e projéteis.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Ourém. A violência doméstica é um crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva.

A Guarda Nacional Republicana realiza regularmente campanhas e ações de sensibilização sobre o tema da Violência Doméstica e relembra que, se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica, participe:

No Portal Queixa Eletrónica, em www.queixaselectronicas.mai.gov.pt.

Via telefónica, através do número de telefone: 112;

No Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, tendo os nossos contactos sempre à mão em www.gnr.pt/contactos.aspx;

Na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx;

Na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca.

    Fonte: CTS|GNR

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.