Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

Constituídos arguidos por crime simulado no valor de 30 mil euros

PSP identifica suspeitos de falso furto de motociclo de alta cilindrada para burlar seguradora

Material recuperado pela PSP

O Comando Distrital de Leiria da PSP, através da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) de Leiria, procedeu à identificação e constituição como arguidos de 2 homens com 25 e 36 anos de idade que, em comunhão de vontades, orquestraram um falso furto de motociclo de alta cilindrada e valor comercial, bem como diverso equipamento motociclístico, denunciando posteriormente à Polícia um crime que não existira.

O dono do motociclo, uma BMW GS1250 Adventure, vendeu-a ao seu sócio no crime por uma quantia muito menor que o valor comercial da mota (avaliada em mais de 25 mil euros), combinando que este a deveria recolher em dia, hora e local previamente combinado, para posteriormente poder vir alegar, perante as Autoridades, que esta lhe havia sido subtraída.

Posteriormente, com prova da denúncia formalizada na Polícia, moveu ação junto da sua seguradora com vista a ser indemnizado pela perda de que seria, alegadamente, vítima. Os suspeitos vêm-se agora indiciados de simulação de crime, burla (a seguros) e também falsificação de documentos.

O motociclo foi apreendido na sequência de uma busca domiciliária a um dos identificados, ocasião em que foram igualmente localizadas e apreendidas duas bicicletas avaliadas em cerca de 4 mil euros as quais foram furtadas no âmbito de outra investigação também tramitada pela EIC de Leiria, entre outros objetos com idêntico interesse probatório.

Deste modo, a PSP considera que com estas ações policiais o Comando Distrital de Leiria demonstra continuar a dificultar a atividade criminosa de quem se dedica às mais diversas tipologias criminais, reforçando a tranquilidade pública da comunidade residente e frequentadora da região.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.