Edição: 280

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/3/1

Integrando a Embaixada Real a Lisboa

900 foliões do Carnaval de Torres Vedras foram recebidos por Carlos Moedas na Câmara Municipal de Lisboa

Carlos Moedas recebeu a Embaixada do Carnaval de Torres Vedras

Cerca de 900 foliões do Carnaval de Torres Vedras integraram a Embaixada Real a Lisboa, com o intuito de promover aquele que é considerado o “mais português de Portugal” na Capital do país, Lisboa, com muita folia, animação e espontaneidade, que tanto caracterizam o evento.

O relógio marcava 10h00 em ponto, quando os foliões partiram em 18 autocarros da Expotorres, em Torres Vedras, acompanhados por motociclistas. Reis do Carnaval, associações carnavalescas, grupos de mascarados, bandas, cabeçudos, matrafonas e centenas de foliões integraram esta Embaixada Real do Carnaval de Torres Vedras que se dirigiu à Praça dos Restauradores, em Lisboa.

O percurso teve então início na praça D. Pedro IV, no Rossio, percorrendo as ruas em direção ao Chiado, contagiando os milhares de turistas, residentes e todos os que se cruzavam com a Embaixada Real. Ao chegarem à Praça do Município, os foliões foram recebidos pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas e, pelo vereador da cultura, Diogo Moura.

Já na varanda do Edifício Paços do Concelho, Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, saudou todos os foliões, referindo que o Carnaval de Torres Vedras traz muita alegria à cidade e que esta celebração é uma mostra de liberdade e de democracia.

De seguida, Laura Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, felicitou igualmente os foliões e agradeceu a receção em Lisboa, relembrando que o Carnaval de Torres Vedras é uma grande festa e ao mesmo tempo “uma coisa muita séria”.

A terminar a receção nos Paços do Concelho, Suas Altezas Reais, os Reis do Carnaval de Torres Vedras, atribuíram a Carlos Moedas, o título de “Conde dos Unicórnios do Carnaval de Torres Vedras” e agradeceram ao povo folião. A culminar e ainda na varanda, dois foliões, Luís e Rúben, tocaram a música “Cheira a Lisboa” de Amália Rodrigues ao som dos instrumentos, acordeão e cajon.

A Embaixada Real seguiu depois em direção ao Terreiro do Paço, rua Augusta e praça D. Pedro IV, regressando de seguida a Torres Vedras.

  Fonte: ACM|CMTV

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.