Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/24

Leiria

PSP detém homem em Gândara dos Olivais por furto em flagrante delito de alumínio

Objeto do furto foi material de portas e janelas

O Comando Distrital de Leiria da PSP, através da Esquadra de Marrazes, deteve, no dia 29 de fevereiro de 2024, pelas 15 horas, um homem com 45 anos de idade, por se ter introduzido, sem consentimento dos proprietários, numa casa devoluta na zona de Gândara dos Olivais, em Leiria, de forma a furtar o material respeitante a portas e janelas da referida habitação.

O alerta foi dado por uma das proprietárias, que se deslocou ao local por, nos últimos dias, ter dado conta de que alguém de forma não autorizada, andaria a subtrair o material constante no seu interior. Segundo esta testemunha, e uma vez que no dia anterior alguém teria furtado algumas janelas e portas em alumínio daquela habitação, ao deslocar-se ao local deparou-se com alguém no seu interior, acionando de imediato os meios policiais.

À chegada, os polícias confirmaram que se encontrava alguém no interior da habitação, ao abordarem o suspeito sobre os motivos da sua presença no local, o mesmo confirmou que estaria a recolher material metálico referente às janelas e portas daquela habitação, para posterior venda. Conduzido às instalações policiais, o suspeito admitiu ainda ter sido o autor do furto do material no dia anterior, conforme denunciado pela lesada. Efetuadas diligências no sentido de perceber o destino dado ao material furtado anteriormente, veio a apurar-se que o mesmo teria sido vendido a um sucateiro local.

Após deslocação à sucata, o sucateiro admitiu ter adquirido o material ao suspeito, alegando que o mesmo o informou tratar-se de lixo de uma obra. Desta ação resultou a apreensão de 12 quilos de alumínio, referente ao perfil de portas e janelas.

O suspeito estava já referenciado por envolvimento em várias situações de furto, posse de arma proibida, abastecimento com fuga e condução sem habilitação legal, tendo sido já por diversas vezes detido, em flagrante delito, cumprindo pena de prisão pela prática desses mesmos crimes.

Foi notificado para se apresentar no Tribunal de Leiria no dia 4 de março de 2024, tendo ficado sujeito a Termo de Identidade e Residência.

Por fim, o Comando Distrital de Leiria considera que a prontidão dos polícias permitiu uma maior eficácia no combate ao crime e ao restabelecimento célere da paz e tranquilidade públicas.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.