Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/20

Segundo maior evento de ciclismo do mundo vai ser transmitido para 190 países

Volta a Espanha em bicicleta atravessa a Região Centro com final de etapa em Ourém

Luís Miguel Albuquerque

O lançamento de La Vuelta – Volta a Espanha em Bicicleta marcou o terceiro dia de programação do stand da Turismo Centro de Portugal na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa. Este evento – o segundo maior do mundo no ciclismo – vai arrancar este ano em Portugal e contempla duas etapas que começam ou terminam no Centro de Portugal, a 17, 18 e 19 agosto.

Os números envolvidos na Volta a Espanha são gigantescos, como foi revelado no lançamento, que contou com a presença dos organizadores e dos autarcas envolvidos.

Anabela Freitas, vice-presidente da Turismo Centro de Portugal, destacou o “privilégio” que constitui para a região receber a prova. “Onze concelhos da região Centro vão ter o privilégio de acolher a Volta a Espanha, em duas etapas, mas os efeitos vão sentir-se em todos os 100 municípios do território e em todo o país. Receber este grande evento consolida o Centro de Portugal como destino de turismo desportivo e aumenta a notoriedade da nossa marca”, salientou.

Também presente, Pedro Machado, presidente da Agência de Promoção Turística Regional do Centro de Portugal, lembrou “um trabalho de dois anos para trazer um dos maiores eventos desportivos do mundo”. “O Centro de Portugal é o melhor destino do mundo para os eventos desportivos e Espanha é o primeiro mercado externo do Centro de Portugal. Que evento seria melhor do que a Volta a Espanha para unir estes dois destinos? É um acontecimento que, sobre rodas, vai unir e promover os territórios”, acrescentou.

Por parte da organização, Luís Castro, da Unipublic, recordou os principais números envolvidos: “É um dos maiores eventos este ano em Portugal e o segundo maior evento de ciclismo do mundo. Vai ser transmitido para 190 países, com 500 milhões de pessoas a poder ver o território do Centro de Portugal”.

Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, sublinhou que “ciclismo é território, é emoção, é espetáculo. É a conjugação do território com o espetáculo que faz a grandeza do ciclismo. Esta prova é uma oportunidade para o interior de Portugal mostrar ao mundo que tem excelentes estradas para o turismo em bicicleta”.

Luís Albuquerque, presidente do município de Ourém (onde termina a segunda etapa), destacou que “a chegada a Ourém será um dia marcante para o concelho. É uma grande satisfação recebermos um evento com esta dimensão e que tem uma projeção mediática tão grande”.

João Santos, vereador do município da Lousã (vila onde começa a terceira etapa), frisou que “todos os municípios olham para este evento como um acontecimento marcante, pelo que é uma oportunidade de ouro para a promoção dos territórios”.

Também presentes na sessão, os autarcas Filipe Daniel (Óbidos), Rui Sampaio (Góis), Luís Paulo Costa (Arganil) e José Francisco Rolo (Oliveira do Hospital) – localidades por onde passa a prova – sublinharam também que esta é uma oportunidade rara para dar visibilidade aos territórios de interior.

Programação do dia

Apresentação da Vuelta 2024

Mas nem só de Volta a Espanha viveu o stand da Turismo do Centro. A apresentação do Congresso Mundial de Turismo do Interior, pela Associação Ibérica de Turismo do Interior, marcou o arranque do terceiro dia. Este evento vai decorrer no final de novembro, em Cáceres, Espanha, e vai analisar a situação atual e as perspetivas futuras do turismo de interior no território ibérico.

Seguiu-se um momento dedicado ao Termas Motorfest, em São Pedro do Sul, um evento de automobilismo que tem por base o cenário único das Termas de São Pedro do Sul e que junta a competição e a cultura automóvel a experiências gastronómicas, culturais e de bem-estar termal.

A manhã terminou com a apresentação do projeto “Turismo com um Propósito Social”. Dinamizado pela Fundação ADFP, uma instituição sem fins lucrativos sediada em Miranda do Corvo, o projeto tem como objetivo central reunir receitas – através das suas valências turísticas – para reinvestimento na missão social desta instituição.

A tarde começou com uma apresentação da Semana Santa na Fundação Mata do Bussaco, pelo município da Mealhada, e prosseguiu com os projetos #Leirianaoexiste e Leiria Sobre Rodas 2024.

Seguiu-se a Agenda de Eventos dos Itinerários Napoleónicos e o portal InvadeMAG, apresentados pela Associação Rota Histórica das Linhas de Torres, e o lançamento oficial do vídeo promocional “Venha conhecer a Lousã”.

Em paralelo, o Turismo de Portugal distinguiu, noutro espaço da BTL, as empresas que aderiram ao Programa “Empresas Turismo 360°”, certificando-as com os selos “Sustainability Committed” e “Sustainability Engaged”. Estas distinções são atribuídas às empresas de turismo que assumem compromissos com a sustentabilidade, estando certificadas dezenas de empresas na região Centro. A vice-presidente Anabela Freitas e o vogal Jorge Sampaio representaram a comissão executiva da Turismo do Centro.

As apresentações do evento desportivo Montemuro Vertical Run, em Castro Daire, do Festival do Frango do Campo, em Oliveira de Frades, da iniciativa “Proença-a-Nova, um mundo para explorar na restauração – o caso do Restaurante Pedagógico ‘A República’” e do Carnaval da Bairrada encerraram o dia que, a partir das 17h00, já contou com a entrada do público em geral.

Sobre a Turismo Centro de Portugal

A Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.

Fonte: TCP e AdC

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.