Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/20

 Após provocar vários desacatos em estado de embriaguez

Mulher detida por agredir e injuriar Polícia em Pombal

O Comando Distrital de Leiria da PSP, através da Esquadra de Pombal, procedeu detenção, no dia 8 de março, pelas 23h20, de uma mulher com 59 anos de idade, pela prática do crime de ofensas qualificadas e injúria agravada.

Após comunicação telefónica, efetuada pelo proprietário de um estabelecimento de restauração e bebidas, a denunciar o ilícito que ocorria, os Polícias deslocaram-se ao local da ocorrência e ao chegarem obtiveram informação que a suspeita, aparentemente ébria, teria incomodado alguns clientes do referido estabelecimento ao cantar demasiado alta, dançar entre as mesas e ter derrubado os instrumentos musicais da banda que se encontrava a atuar. De referir ainda que ofendeu verbalmente as funcionárias do referido estabelecimento.

Enquanto os polícias procediam à recolha de informações, a mulher dirigiu-se à viatura policial desferindo socos na lateral e no tejadilho da mesma, porém, não provocou quaisquer danos. O Polícia que estava no interior da viatura prontamente abriu a porta e ao sair a suspeita, através da sua força física, empurrou a porta da viatura policial, provocando o desequilíbrio do mesmo e a sua restrição de movimentos, pelo que lhe foi de imediato dada voz de detenção.

A ora detida foi notificada para comparecer em Tribunal no dia 12 de março, tendo-lhe sido proposto um pedido de desculpa, serviço comunitário e a posterior suspensão provisória do processo, tendo a mesma concordado.

De ressalvar que os polícias do Comando Distrital de Leiria responderão sempre de forma firme perante quaisquer comportamentos desafiadores e ilícitos, nomeadamente os dirigidos contra a Instituição PSP e representantes do Estado, pedindo a todos que cumpram as indicações das autoridades policiais.

    Fonte: CDL|PSP

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.