Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/20

Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) associa-se às comemorações do Dia Internacional das Florestas no 21 de março

ICNF celebra Dia Internacional das Florestas com plantações e ações de sensibilização na região

Pinheiros em vaso

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) associa-se às comemorações do Dia Internacional das Florestas, 21 de março, com uma série de iniciativas em todo o país. Rio Maior, Leiria, Torres Novas e Azambuja estão entre os concelhos abrangidos.

O Dia Internacional das Florestas foi instituído a 30 de novembro de 2012 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, com o objetivo de garantir que as gerações futuras continuarão a beneficiar dos múltiplos serviços e produtos que devemos a todos os tipos de florestas, defendendo para tal um incessante empenho na gestão sustentável das florestas, em paralelo com um continuado esforço de conservação e ordenamento dos espaços florestais naturais.

Este ano, as comemorações são dedicadas ao tema: “Florestas e inovação: novas soluções para um mundo melhor”. Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), todos os anos perdem-se 10 milhões de hectares de florestas devido à desflorestação e aproximadamente mais 70 milhões de hectares são afetados por incêndios.

Desta forma, estas inovações são essenciais para a criação de sistemas de alerta precoce, produção sustentável de bens e para a capacitação dos povos indígenas através do mapeamento dos seus territórios e do acesso ao financiamento climático.

A FAO acrescenta que o restauro dos ecossistemas, incluindo os esforços de reflorestação, contribui significativamente para a mitigação das alterações climáticas e para melhorar a segurança alimentar, permitindo também alcançar novos usos sustentáveis para a madeira e para outros produtos florestais.

Ações com plantações e ações de sensibilização nos distritos de Leiria e Santarém e Área Oeste do Distrito de Lisboa

21 de março, Rio Maior – no Vale do Barco, uma equipa de Sapadores do ICNF fará a manutenção de uma plantação feita em novembro do ano passado com a ajuda de alunos da Escola Básica das Alcobertas;

21 de Março, Leiria – na Mata Nacional do Urso realizar-se a plantação de 1250 pinheiros, parceria entre a DRCNF Centro e a Câmara Municipal de Leiria, numa ação de voluntariado da OZ Energia;

21 de março, Torres Novas – na Reserva Natural do Paul do Boquilobo, uma equipa de Sapadores do ICNF e uma da GNR juntam-se para uma ação de plantação e para uma ação de sensibilização no respetivo Centro de Interpretação;

23 de março, Azambuja – na Mata Nacional das Virtudes será feita a manutenção de uma plantação de freixos e carvalhos levada a cabo em fevereiro pelo Agrupamento Escuteiros do Cartaxo;

Ações com plantações e ações de sensibilização no resto do País

18 de março, 10h00, Silves – Será inaugurado o Trilho da Parra, na Mata Nacional da Herdade da Parra, junto ao Chalé (coordenadas wgs84 – 37.310410°; -8.427958°), concelho de Silves, com a presença do diretor regional da Conservação da Natureza e Florestas do Algarve, Castelão Rodrigues. O trilho tem uma extensão de 6,5 quilómetros e apresenta dificuldade média/alta;

18 de março, 9h00, Mondim de Basto – a Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas (DRCNF) do Norte promove uma ação de plantação no Monte da Senhora da Graça, em conjunto com a Unidade Baldio de Atei;

18 de março, Sintra – já no Cabo da Roca, a Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas de Lisboa e Vale do Tejo organiza uma ação de controlo de espécies invasoras, em parceria com a Câmara Municipal de Sintra, contando com a ajuda da CERCITOP. No mesmo dia, o ICNF dará uma palestra dedicada à importância da floresta aos alunos do 8.º ano da Escola Escultor Francisco dos Santos;

19 de março, 9h00, Mondim de Basto – no dia seguinte, haverá uma ação de plantação no Parque Natural do Alvão, numa ação conjunta entre os Baldios do Bilhó, Sapadores Florestais do Bilhó e Corpo Nacional de Agentes Florestais (CNAF).

19 de março, 9h30, Estremoz – a Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Alentejo, a Câmara Municipal de Estremoz e a Sociedade Agrícola Rita Reynolds de Souza, FS organizam uma sessão de demonstração e sensibilização sobre podas de sobreiro e de azinheira, alertando para as boas práticas destas ações;

21 de março Almada – a Reserva Botânica da Mata Nacional dos Medos recebe uma ação de sensibilização, numa parceria com a CCDR-LVT e a UNICA – Universidade Intergeracional do Concelho de Almada;

21 de março, Sabugal – alunos do Agrupamento de Escolas do Sabugal farão uma visita ao Viveiro Florestal da Malcata e ao Centro de Educação Ambiental da Sra. da Graça para diversas atividades lúdicas de sensibilização;

21 de março, Castelo Branco – o Centro de Interpretação Ambiental do Parque Natural do Tejo Internacional receberá uma visita de alunos da Escola Secundária Quinta das Flores, Coimbra, que irão fazer também a plantação de árvores;

21 de março, 9h30, Ovar – no âmbito do projeto “O ICNF vai à escola”, uma equipa do ICNF fará uma ação de sensibilização num evento organizado pela autarquia no Parque Urbano de Ovar, que juntará mais de mil crianças do concelho;

21 de março, 10h00, Montalegre – a DRCNF Norte organiza, em conjunto com as juntas de Montalegre e de Cabril, duas ações de sensibilização e plantação de árvores junto às respetivas juntas de freguesia. Pelas 14h00, a Escola básica do 1.º ciclo nº 1 de Montalegre recebe também uma ação de sensibilização e plantação de arvores;

21 de março, 9h00, Freixo de Espada à Cinta – no Perímetro Florestal do Palão será feita uma plantação de árvores folhosas caducifólias;

21 de março, 9h00, Bragança – já no Geossítio do Tojal dos Pereiros, em Bragança, decorrerá uma ação de sensibilização sobre a floresta para as crianças do concelho;

21 de março, 10h00, Vinhais – no Parque Biológico de Vinhais, decorre uma ação de sensibilização e plantação de árvores, em conjunto com a Câmara Municipal;

21 de março, 10h00, Mirandela – já em Lamar de Orelhão, Mirandela, o ICNF organiza uma caminhada, mostra de meios de proteção da floresta e plantação com alunos da Escola Profissional de Agricultura de Carvalhais;

22 de março, 9h00, Torre de Moncorvo – no Perímetro Florestal da Serra do Reboredo haverá uma ação de plantação de árvores folhosas caducifólias;

23 de março, Lousã – alunos da EB2 Escola Básica N°2 da Lousã fará a plantação de castanheiros na Mata do Braçal e a respetiva limpeza do terreno;

25 de março, Viseu – já na Serra do Crasto, um grupo de utentes da APPACDM de Viseu irá proceder ao lançamento de bombas de sementes previamente preparadas pela associação.

     Fonte: RJ|GC|ICNF

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.