Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/20

Investimento de cerca de 6,3 milhões de euros

Câmara Municipal da Marinha Grande aprova anteprojeto da requalificação da Escola José Loureiro Botas

Escola Secundária José Loureiro Botas, em Vieira de Leiria

O anteprojeto da requalificação e ampliação da Escola Secundária José Loureiro Botas, em Vieira de Leiria, foi aprovado pela Câmara Municipal da Marinha Grande, no dia 18 de março, representado uma estimativa orçamental de cerca de 6,3 milhões de euros.

A proposta de requalificação da Escola Secundária direciona-se para as áreas de circulação pedonal, viária intermitente e pedonal, de recreio, lazer e enquadramento e espaços verdes. Pretende-se criar zonas diferenciadas, que permitam a criação de ambientes apropriados ao espaço, e que respondam de forma positiva aos usos e funções a que se destina.

Simultaneamente, pretende-se marcar de forma legível as relações entre as diferentes valências de ocupação, as áreas de circulação de peões, de recreio, de estar e de lazer, zonas destinadas ao desporto livre.

A área de intervenção com cerca de 26.500m2, representa um território que apresenta um grande impacto visual e situa-se próximo da zona costeira, na periferia do “Pinhal do Rei”, numa zona habitacional. A área verde da Escola Secundária, pela sua dimensão e localização assume um papel importante na estrutura verde e de recreio. Pela sua a proximidade de uma zona habitacional, apresenta um espaço de grande relevância e procura na melhoria da qualidade do ambiente urbano e da qualidade de vida da população.

A proposta considera essencial a promoção de infraestruturas de apoio à utilização da bicicleta, garantindo condições universais de segurança, conforto e experiência adequadas às diferentes características físicas e técnicas.

A escola terá uma intervenção mais estética ao nível exterior, renovando a imagem e uma intervenção com maior relevância ao nível das acessibilidades. É de salientar que esta necessidade permite o todo o espaço seja acessível por todos independentemente do tipo de dificuldade de mobilização. O objetivo é, também, dar uma imagem nova e agradável dos espaços exteriores, fazendo com que se torne acolhedora proporcionando experiências novas e novos espaços lazer.

     Fonte: GCI|CMMG

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.