Edição: 281

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/4/20

PSD assegura que continuará a defender população e melhor cuidados de saúde

PSD Pombal responsabiliza PS pela degradação dos serviços de saúde no concelho

Hospital Distrital de Pombal

O Partido Socialista de Pombal considera lamentável o estado da saúde em Pombal, através dos seus vereadores e comunicados da concelhia, mas o PSD Pombal devolve a responsabilidade ao PS, que “devia começar por reconhecer a sua culpa pela elevada degradação que os seus governos provocaram nos cuidados de saúde primários nos últimos oito anos. Não podemos deixar de recordar que o PS prometeu um médico família por cada habitante, mas a verdade é que neste momento estarmos com milhares de pessoas sem médico família, numa situação que foi piorando nos últimos anos.”

O PSD Pombal lamenta que os socialistas queiram “dar a entender não serem também co-responsáveis pela atual situação calamitosa, profundamente degradada e completamente desregulada, pois apoiaram e defenderam o governo cessante, que conduziu a uma séria falta dos cuidados de saúde, onde faltam médicos, onde faltam enfermeiros, e onde sobram queixas.”

Assim, “o Partido Socialista de Pombal preferiu, numa altura que antecedia um ato eleitoral, fazer uma proposta pouco avisada sobre os cuidados de saúde primários no concelho de Pombal, sem apontar soluções concretas, sem as medir em termos orçamentais e preferindo ignorar a total incapacidade dos governos do partido socialista.  O Partido Socialista aprovou a descentralização das competências do governo para as autarquias na área da saúde, onde fez questão de manter na sua alçada a contratação, a gestão e a organização de médicos e enfermeiros. O Partido Socialista de Pombal aplaudiu esta decisão”, critica.

O PSD Pombal adianta que “esta descentralização, ao não permitir aos municípios contratar e gerir médicos e enfermeiros para o Serviço Nacional de Saúde, não atribui capacidade aos Municípios para resolverem o caos dos cuidados de saúde. A inexistência dos adequados cuidados de saúde é a prova da ineficiência da gestão socialista, que, só se preocupou em apresentar um excedente orçamental à custa da degradação das instituições e dos serviços essenciais do Estado.”

Segundo o PSD Pombal, “as pessoas, a responsabilidade e Pombal, merecem uma atitude muito diferente da atual atitude que o Partido Socialista concelhio quer fingir que assume. Na última Assembleia Municipal, ficou bem patente a infantilidade da proposta apresentada pelo Partido Socialista e que agora nos é recordada, passado um mês após aquela reunião da Assembleia Municipal. A tentativa de trazer o projeto bata branca para misturar, para confundir e para enganar as pessoas não pode ser tolerada.”

O PSD Pombal considera que “por muitos méritos que reconheçamos ao projeto bata branca, a sua reduzidíssima disponibilidade horária (poucas horas em poucos dias da semana) não resolve os problemas dos cuidados de saúde primários. Dada a imensidão dos problemas dos cuidados de saúde primários no concelho de Pombal, resultado do caos instalado pelos sucessivos governos de António Costa, apoiados de forma acérrima pelo PS Pombal, julgamos que o projeto Bata Branca nada é, senão, um pequeno penso rápido na profunda hemorragia existente nos serviços de saúde.”

Assim, exorta o presidente da Câmara Municipal,  Pedro Pimpão, a continuar a disponibilizar-se e propor, com os reduzidos meios que o governo disponibiliza, soluções que melhorem a saúde da população.

E, por isso, estranha que o PS Pombal após as eleições legislativas não tenha tido qualquer intervenção política, nem sequer para se pronunciar sobre “a derrota histórica que tiveram, que os colocou como a terceira força política no concelho.”

Já o PSD Pombal assegura que continuará a trabalhar ativamente com o firme propósito de contribuir para a resolução dos problemas da comunidade, para ser garantia de estabilidade e para defender a nossa Democracia e o acesso dos cidadãos aos serviços essenciais que o Estado tem a obrigação de prestar.

Por fim, o PSD Pombal reforça e agradece o empenho dos presidentes de Junta e da Câmara Municipal em criar condições para fixar profissionais de saúde no concelho, indo além das suas responsabilidades legais.

    Fonte: PSD Pombal

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.