Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/24

Na freguesia de Reguengo Grande

Museu da Lourinhã vai receber novas estruturas pré-históricas descobertas no concelho

Mapa do local do terreno agrícola situado no limite nordeste do concelho da Lourinhã, freguesia de Reguengo Grande

No âmbito dos trabalhos de prospeção referentes ao projeto “Carta Arqueológica da Lourinhã”, desenvolvidos ao abrigo de uma bolsa de doutoramento atribuída pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, foram identificados, no final de 2023, num terreno agrícola situado no limite nordeste do concelho, freguesia de Reguengo Grande, duas estruturas circulares em argila cozida, com cerca de 70 cm de diâmetro.

Após avaliação no terreno pela ex-DGPC (agora Património Cultural, I.P.), decidiu-se por uma intervenção arqueológica de emergência, com o objetivo de salvaguardar as estruturas da sua destruição iminente pelos elementos naturais.

Foram então identificadas mais cinco estruturas, com características idênticas: paredes de argila cozida, sendo que no interior apresentavam blocos de arenito de pequenas dimensões com marcas de utilização de fogo, bem como carvões.

Estas estruturas parecem ter sido utilizadas como “fornos”, sendo que são escassos os paralelos existentes, quer a nível nacional, quer a nível internacional, o que evidencia a singularidade e importância dos achados. Aguardam-se resultados das datações de radiocarbono, mas tudo indica que se tratem de estruturas construídas no decurso da pré-história, pelas últimas comunidades de caçadores-recolectores.

A intervenção contou com o apoio do município da Lourinhã e a colaboração de arqueólogos da Universidade Nova, Laboratório de Arqueociências do Património Cultural, I.P., da Associação de Arqueólogos, do Museu da Lourinhã e de voluntários oriundos do concelho.

Fonte: CL|GCI|CML

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.