Edição: 282

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/5/24

Dia 4 de maio, a partir do meio dia e meia

30º Congresso da Sopa é já no próximo sábado, em Tomar

Cartaz

Parece que foi ontem, mas já lá vão três décadas desde que uma ideia simples com um nome perfeito, não só criou um evento de sucesso em Tomar, como o amplificou a nível nacional, tornando a sopa (então um parente pobre das iniciativas gastronómicas) num prato capaz, só por si, de arrastar multidões.

E assim, o Mouchão, bucólico jardim rodeado pelo rio Nabão, vai receber sábado, dia 4 de maio, a partir do meio dia e meia, a edição nº 30 do Congresso da Sopa, este ano com 37 variedades, da responsabilidade de 23 entidades participantes, entre restaurantes, associações e o Pingo Doce, patrocinador do evento.

Como sempre acontece, haverá sabores para todos os gostos, desde os clássicos como a canja, a sopa da pedra ou sopa de peixe, até propostas mais arrojadas e originais, entre as quais caldo de caça medieval, dreme de batata doce com bacon e manjericão,  sopa de lentilhas e gengibre, sopa (e também canja) de leitão ou sopa de caranguejo.

Participam os seguintes restaurantes e afins: Almourol, Açúcar ao Quadrado, Adhoc, Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos da EB1e JI da Freguesia de Casais, Associação Thomar Honoris, CIRE, CIRE – Associação de Pais e Encarregados de Educação, Comer com Amor, Ginjinha, Escola Profissional de Tomar,  Instituto Politécnico de Tomar, Lodge, Lúria, Manjar dos Templários, Marisqueira de Tomar, Nabão, Ninho do Falcão, Picadeiro, Pica-Pau Amarelo, Pingo Doce, Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Minjoelho, Tasquinha da Mitas e 116 Café Restaurante.

Estarão igualmente presentes, com os seus deliciosos néctares a acompanharem as sopas, os seguintes produtores de vinho do concelho: Adega Casal Martins, Casa Agrícola Solar dos Loendros, Encosta do Sobral, Quinta Casal das Freiras e Herdade dos Templários.

Como habitualmente, as receitas revertem para o CIRE – Centro de Integração e de Reabilitação de Tomar. Os bilhetes gerais custam 5 €, sendo de 2 € para crianças dos 6 aos 12 anos e de 12 € para famílias (2 adultos e 2 crianças). Quem necessitar de kit (copo, tigela, colher e guardanapo) pagará mais 3,50 € – mas pode poupar este valor se os trouxer de casa.

Os bilhetes já estão à venda no Posto de Turismo de Tomar e no CIRE, podendo também ser adquiridos no próprio dia, nas bilheteiras junto do local. O evento é uma organização do Município de Tomar, com o apoio do Pingo Doce e da Delta e em parceria com o CIRE.

Fonte: GC|CMT

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.