Edição: 283

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/6/14

3ª edição do Triatlo de São Martinho do Porto vai decorrer a 21 e 22 de setembro

São Martinho do Porto volta a ser a capital do triatlo nacional em 2024

Cartaz

Foi assinado no dia 21 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o protocolo que oficializa São Martinho do Porto como a capital do Triatlo Nacional.

Este acordo, que une o Município de Alcobaça, a Federação Portuguesa de Triatlo, a Junta de Freguesia de São Martinho do Porto e o Clube de Natação de Alcobaça pelo terceiro ano consecutivo, estabelece a realização da 3ª edição do Triatlo de São Martinho do Porto no fim-de-semana de 21 e 22 de setembro.

“Este evento alia a promoção da modalidade de triatlo com a promoção da magnífica baía de São Martinho do Porto. As duas primeiras edições foram um enorme sucesso e a continuidade deste evento é uma aposta séria do Município numa modalidade que conta, no concelho, com atletas de prestígio internacional como a Melanie Santos, o João Silva e a Raquel Rocha. Estamos entusiasmados por, uma vez mais, acolher este evento em São Martinho do Porto e proporcionar uma experiência inesquecível para atletas e espectadores”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Hermínio Rodrigues.

Na sua 2ª edição, em 2023, o Triatlo de São Martinho do Porto foi o 2º maior evento, a nível nacional desta modalidade, com mais inscritos (1257), apenas superado, nesse mesmo ano, pelo Ironman Cascais (3611), de acordo com dados da Federação Portuguesa de Triatlo.

Para medir o impacto desportivo, económico e social deste evento, foi requisitado ao Instituto Politécnico de Leiria o primeiro estudo do género para uma prova de triatlo a nível nacional. Os dados revelam que o Triatlo de São Martinho do Porto traduziu-se num retorno do investimento para a economia local (restauração e estadias) de cerca de 1 milhão de euros.

“São dados significativos que justificam o investimento que a Câmara Municipal, juntamente com os restantes parceiros, está a fazer neste evento. Queremos afirmar São Martinho do Porto como a capital do triatlo nacional.

Este ano, além do habitual foco nos participantes e nas condições técnicas ideais para a prática da modalidade, a Comissão Organizadora está a investir ainda mais em espaços para o público e na comunicação da vertente “prova aberta” da Taça de Portugal. Esta vertente é dirigida a todos os que não são federados, mas que se desejam desafiar-se e experimentar a modalidade do triatlo.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.