Edição: 284

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/7/20

Atividades dedicadas à sensibilização ambiental marcam aniversário desta área classificada

Reserva Natural do Paul do Boquilobo celebra 44 anos com atividades dedicadas  à Reserva da Biosfera

A Reserva Natural do Paul do Boquilobo comemora, na próxima segunda-feira, dia 24 de junho, o seu 44.o aniversário, e assinala a data dando a conhecer o seu património natural com um fórum comemorativo.
O dia conta com atividades que incluem saídas de campo, debates e ações de sensibilização, promoção e valorização desta área classificada como Reserva da Biosfera.

A iniciativa é dedicada à sensibilização ambiental desta área protegida, visando a partilha pedagógica de experiências com a comunidade e, em simultâneo, o desenvolvimento de atividades sobre os valores naturais desta importante Reserva Natural.

A Reserva Natural do Paul do Boquilobo acompanha um troço do rio Almonda, que nasce na Serra de Aire e desagua na margem direita do Tejo, constituindo uma zona húmida com características de paul, inundada sazonalmente pelo transbordo do Almonda e do Tejo. Esta área foi classificada pela UNESCO como Reserva da Biosfera em 1981, tendo sido a primeira área portuguesa a integrar a Rede Mundial de Reservas da Biosfera.

Trata-se do maior ecossistema aquático nacional representativo de zonas húmidas interiores. As aves constituem o seu principal valor, razão da sua classificação como Reserva Natural desde 1980. Alberga uma importante colónia de garças, de colhereiros e outras espécies vindas em parte do continente africano e recebe significativas populações de anatídeos (patos, gansos e cisnes) do norte da Europa. É ponto importante nas migrações outonais de passeriformes e outras aves e nela ocorrem ou nidificam algumas espécies raras em Portugal e na Europa.

As atividades são de participação gratuita, podendo o programa ser consultado aqui. O evento resulta de uma parceria entre o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), os municípios de Torres Novas e Golegã, OngaTejo, IPT, L-Tour, OPExCATer e a Coudelaria

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.