Edição: 284

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/7/20

Tribunal de Alcobaça determinou a proibição de contacto com a vítima

PSP detém homem por violência doméstica e apreensão de armas ilegais na Nazaré

Armamento apreendido pela PSP da Nazaré

O Comando Distrital de Leiria da Polícia de Segurança Pública deteve, no dia 24 de junho 2024, através da Esquadra da Nazaré, um homem de 39 anos, em cumprimento de um Mandado de Detenção, emitido pelo Tribunal de Alcobaça, pela prática do crime de violência doméstica sobre a ex-companheira de 36 anos de idade, na localidade da Nazaré.

Tendo em consideração o tipo de crime, violência doméstica, crime de investigação prioritária, foram realizadas diligências de imediato, com vista à recolha de prova, designadamente, a emissão de Mandados de Detenção e Apreensão. Por existir a suspeita que este cidadão fosse possuidor de armas, deu-se cumprimento de um Mandado de Busca e Apreensão, tendo sido realizada busca domiciliária à residência do detido.

Na sequência desta diligência, foram apreendidas duas pistolas de calibre 6.35 mm e 35 munições, do mesmo calibre, aptas a serem usadas. Apurou-se que o detido não possui licença que o habilite ao uso de porte de arma, nem as armas possuem qualquer documentação, havendo inclusive um pedido de apreensão relativo a uma das pistolas.

O detido foi presente à Autoridade Judiciária competente tendo-lhe sido aplicada as medidas de coação de proibição de contacto com a vítima, quer pessoalmente ou através de redes sociais e proibição de aproximação do local de trabalho e residência da vitima.

Deste modo, o Comando Distrital de Leiria demonstra que, com a celeridade que se impõe e em articulação com a autoridade judiciária, desenvolve todos os esforços para reforçar a tranquilidade pública da comunidade residente na região e por dar resposta firme a um dos maiores flagelos da sociedade atual, a violência doméstica.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.