Edição: 284

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/7/20

Artista tem obras em todo o mundo

Ministra da Cultura expressa profundo pesar pelo falecimento do pintor e ceramista Manuel Cargaleiro

Museu Cargaleiro

A ministra da Cultura expressou, este domingo, dia 30 de junho, a profundo pesar pelo falecimento do pintor e ceramista Manuel Cargaleiro, cuja intensa atividade artística se traduz num legado essencial para a arte portuguesa.

Nascido em 1927, em Chão das Servas, Vila Velha de Ródão, criou a fundação com o seu nome em Castelo Branco, cujo Museu mostra a sua obra, incluindo a extensa coleção de cerâmica.

Representado em coleções nacionais, entre elas a Coleção de Arte Contemporânea do Estado, e internacionais, o seu trabalho foi reconhecido e homenageado, tendo sido condecorado como Comendador da Ordem Militar de Santiago da Espada de Portugal (1983), Grau de Officier des Arts et des Lettres, atribuído pelo governo francês, em 1984, Grã-Cruz da Ordem do Mérito (1989), Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique (2017), Medalha de Mérito Cultural (2019), Medalha Grand Vermeil (2019), Grã-Cruz da Ordem de Camões (2023).

Manuel Cargaleiro deixa um legado ímpar, cruzando referências e gerações.

Turismo Centro de Portugal lamenta desaparecimento do mestre Manuel Cargaleiro

A Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal associou-se também aos votos de profundo pesar pelo desaparecimento do mestre Manuel Cargaleiro, proeminente figura da cultura nacional, que nos deixou hoje aos 97 anos.

O mestre pintor e ceramista manteve uma ligação muito forte com a Beira Baixa onde nasceu, apesar de ter vivido grande parte da sua vida em França. Exemplo maior dessa ligação é a Fundação com o seu nome, que criou em 1990, em Castelo Branco, e que posteriormente evoluiu para Museu Cargaleiro. Este museu, que exibe em permanência parte significativa de sua obra, é uma importante referência cultural e turística na região Centro de Portugal.

O mestre Manuel Cargaleiro foi homenageado em vida pela Turismo Centro de Portugal durante o 6.º Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, realizado em 2019, em Castelo Branco. Foi também o convidado de honra de um dos primeiros episódios do podcast “Aqui Entre Nós”, da Turismo Centro de Portugal, em que deixou um valioso testemunho sobre a sua Fundação.

A Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal transmite as mais sinceras condolências à família e amigos enlutados.

      Fonte: MC, TCP e AdC

 

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.