Edição: 284

Diretor: Mário Lopes

Data: 2024/7/20

Investimento superior a três milhões de euros

Câmara Municipal do Cartaxo aprova concurso para construção do novo Centro de Saúde

Novo Centro de Saúde do Cartaxo

O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, João ferreira Heitor, levou à reunião do executivo de 4 de julho, a proposta de abertura de concurso público para a Empreitada de Construção da Unidade de Saúde do Cartaxo – novo Centro de Saúde do Cartaxo –, que foi aprovada por unanimidade. A obra tem financiamento assegurado e deverá estar concluída até ao segundo semestre de 2026. Ficará localizada nos terrenos onde, atualmente, se situa o parque de pesados da cidade do Cartaxo e deverá ser financiada a 100% pela administração central.

João Ferreira Heitor destacou o “salto qualitativo para a prestação de cuidados de saúde no nosso concelho, que esta unidade de saúde representa”.

O valor base do concurso é de 3.009.449,37 € – sendo o contrato de financiamento já aprovado com a administração central de 3.069.616,00 € – ou seja, a obra poderá ser financiada a 100% se todos os pressupostos se mantiverem.

O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo destacou que o executivo, desde a sua tomada de posse, “insistiu e persistiu para que este dia, no qual apresentamos uma proposta real, concreta e exequível, fosse possível”, afirmando que “quando chegámos não havia uma linha escrita em documento nenhum. Não havia, fosse o que fosse, de concreto sobre a intenção de construir este centro de saúde. O que havia era uma promessa e o que tivemos de fazer, foi trabalhar muito, com as entidades competentes e na elaboração do projeto, para conquistarmos o financiamento e ultrapassar muitos obstáculos”.

O autarca agradeceu a todas as pessoas, todos os técnicos municipais, “cujo empenho possibilitou a assinatura do contrato de financiamento em junho e a aprovação da abertura do concurso público quinze dias depois”, referindo que o esforço do executivo foi conduzido de modo estratégico em duas frentes – por um lado junto dos decisores para garantir que a construção da Unidade de Saúde do Cartaxo era incluída no PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) e, por outro lado, na preparação exaustiva das peças técnicas que permitissem ter um projeto para obra, no menor tempo possível – o que permitiu ter apenas duas semanas entre a assinatura do financiamento e o lançamento do concurso público.

A obra da nova unidade de saúde poderá iniciar-se ainda este ano, mas a obrigatoriedade de cumprir todos os prazos legais de um concurso público e o facto da adjudicação estar sujeita a visto do Tribunal de Contas, podem levar a que o início da obra ocorra já em 2025.

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ainda não há comentários nenhuns.